søndag, januar 15

fds

a solução dos problemas é lenta e a minha paciência devia ser oriental. as unhas crescem devagar como a solução dos problemas e se as unhas crescem, arranho-me.
se me arranho a pele abre- lá dentro é tudo uniforme, regular. é do lado de fora que o caos começa e a mente é feita de lados de fora.

cansei-me disto.o que mais quero e o que mais penso assobia às belas moças que passam sem ser eu. outras vezes o que em mim fala é o comboio que pára em todos os apeadeiros.
ah, a minha natural simpatia é um enredo e mal de mim que não creio no inferno.
deixá-lo, afinal é tão complicado como imaginar a joaninha de olhos verdes lendo as obras completas de sigmund freud.

em suma, a reforma mental é um acto de tragédia e não de pugilato. como a vida. ou o sexo. e também a mentira.

a solução dos problemas é lenta. vou preferindo catarses a knock-outs: uma diferença estilística, portanto.

3 Comments:

Blogger domakesaythink apalavrou que ...

when you work better it hammers, everything starts looking like a nail.
o desejo desesperado de resolução transforma o aparentemente longo em simplesmente findo.
...e depois de passar, já passou.

de droga a droga, vai o humano fugindo ao confronto.

søndag, januar 15, 2006 5:38:00 p.m.  
Blogger João M apalavrou que ...

este texto mereceu um cigarro.

tirsdag, januar 17, 2006 11:51:00 p.m.  
Anonymous Felipe Coelho apalavrou que ...

Oi Bovary!
Nós somos a ordem. Fora é o caos. Os seres vivos exportam desordem. Nossos corpos tem zilhões de células e comemos outros seres vivos pra produzir dióxido de carbono e água.
As sociedades exportam desordem, as fortes bagunçando as fracas, vide os EUA no Oriente Médio. Mas não é só na grande política, nas nossas cidades com milhões de pessoas, na "nossa" Terra com bilhões de humanos, fora sempre está o inimigo. Fora estão as bactérias, os ecosistemas a dominar, nossas instituições políticas, os países inimigos... O eixo do mal sempre está fora.
E dentro cá ficamos nós, pensando que a desordem é muitas vezes preferível à ordem...
Beijos... e aparece no Multiply, se tiveres tempo coloca esses teus textos lá...

søndag, februar 19, 2006 1:41:00 p.m.  

Legg inn en kommentar

<< Home

No Celeiro